Em um mundo onde existem mais de um bilhão de aplicativos disponíveis nas App Stores, em sua maioria Games, você já deve ter feito esta pergunta: Como meu aplicativo pode se destacar neste universo? Alguns estúdios e criadores Indie, começam a pensar no mercado após lançarem o produto, como tenho participado desde a concepção do nosso primeiro game, tenho contato diário com os maiores experts na área, o nosso time de produção, o que tem me ajudado imensamente. Essa equipe, além de ser extremamente competente e profissional, é composta por pessoas apaixonadas pelo que fazem e são profundos conhecedores do que fazem. Não há curso, livro ou palestra que supere essa integração e aprendizado. Para estúdios, sugiro criar essa “imersão” entre times Marketing + Produção como faz a Sinergia Studios. Isso me ajudou bastante na primeira parte do processo de construção da estratégia, a qual chamo, Estudos. A idéia aqui é de dar um primeiro mergulho, para quem está disposto a encarar o desafio, fazer uma introdução.

Estudo do Produto: Essa é a parte onde você irá conhecer melhor e definir o seu produto, qual problema você está solucionando e qual a sua contribuição para o mundo. Neste ponto acredito que você já tenha pensado em um modelo de negócios. Se não, é importante pensar como você vai monetizar em cima do seu game. No nosso caso foi definido que seria utilizada a forma Freemiun, onde você faz o download grátis e monetiza com as IAPs (In-App-Purchases), como a venda de itens especiais para dar vantagens ao jogador e as Ad Networks que geram monetização por visualizações e cliques.

Importante aqui estipular os objetivos mercadológicos do seu game, para isso indico a metodologia SMART, acrônimo em inglês para Específico, Mensurável, Atingível, Realista e Prazo (Time).

Para o autoconhecimento a Análise SWOT fornecerá as suas características com relação ao mercado e à concorrência. Ao final você saberá suas Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Algumas outras técnicas podem ser usadas, estas são as que gosto, tenho conhecimento de causa e eficácia comprovada.

Estudo da Concorrência e Similares: É necessário um levantamento de quem são seus concorrentes diretos, indiretos e também de games ou produtos similares. Estude um a um observando o posicionamento deles, o que eles fazem em termos de marketing, o que funciona ou não, quais as mensagens e apelos, quais cores utilizam, quais estratégias de mídia e como eles se relacionam com o usuário.

Ao final, extraia aquilo que pode utilizar para a sua estratégia e observe as tendências que se destacam. Imagine também o que você pode fazer de novo, qual ideia fora da caixa você tem para o seu produto.

Estudo do Público-Alvo: Nada mais é do que definir quem irá jogar o seu game. Você pode criar personas, brincar com características psicossociais delas. A ideia aqui é identificar as minúcias do comportamento deste jogador. Quais sites eles visitam, fóruns e comunidades que participam, influenciadores e formadores de opinião que eles seguem, quais produtos consomem, que livros eles leem, quais aparelhos de celular eles usam, qual o comportamento online. Observamos que o nosso público é formado por “entusiastas das práticas de negócio e empreendedorismo”, claro que esse público é bem mais detalhado, com idade, perfil social, gênero, etc. Ao definirmos isso pudemos listar quais sites e blogs nossas personas visitam, com essa lista em mãos, poderemos entrar em contato com esses sites na fase de excução da estratégia de relações públicas.

Ao estudar o mercado e público, você chegará à conclusão de quais plataformas eles usam. Na Sinergia Studios, decidimos focar em Mobile não porque gostamos apenas, mas porque, baseados em estudos e pesquisas, pudemos confirmar que Mobile é a plataforma do futuro, assim como vimos que no mercado brasileiro precisamos focar em diferentes App stores, por conta da distribuição entre usuários de aparelho iOS, Android e Windows. O mesmo não acontece nos EUA, por exemplo. Queremos que o máximo de jogadores possam experimentar nosso jogo, independente da marca de celular ou tablet, enfatizando aí o aspecto social do game.

Estudo das plataformas: Uma forma bem ágil de se fazer este estudo é simplesmente abrindo as mesmas. Abra a App store (Apple), descubra quais são os apps e games mais populares (trending). Quais são as imagens e textos necessárias para se estar na store? Como seu game pode ser “Featured” e em quais categorias ele se encaixa?

Após este estudo você terá bastante material para analisar e começar a pensar nesta pergunta: Qual o meu diferencial competitivo? No próximo post escreverei a respeito deste processo de diferenciação, sempre com o objetivo de destacar-se em meio a este mercado tão competitivo.